Ary & Alcateia

_PT


Olá heróis!


Hoje trago-vos o relatório de uma das tardes mais divertidas que passei com o Ary. No sábado, dia 2 de fevereiro, tive o enorme prazer de levar o meu herói até à Alcateia do Segundo Grupo de Escoteiros de Portugal. Foi uma sessão e pêras, que durou toda a tarde e esteve cheia de atividades diferentes.


Primeiro, assisti a uma série de cerimónias que o grupo tinha preparado para esse dia, para comemorar o atingir de etapas e solidificar o compromisso de alguns cargos dos escoteiros. Depois, a chefia da Alcateia reuniu todos os lobitos e apresentou-me. Aí, e como poderão ver nas fotografias no final do post, entreguei à Alcateia uma ilustração que mostra o meu agradecimento para com a oportunidade de ter podido transmitir a minha mensagem ao grupo. Nessa ilustração estão representados todos os elementos da Alcateia, tendo eu desenhado os animais que escolheram para se identificarem no grupo.


De seguida, dentro da sede, passámos à parte onde comecei uma conversa sobre heróis, para dar início à sessão. Primeiro, perguntei quem eram os herói que mais gostavam de momento, e após receber uma resposta 100% preenchida de heróis fictícios, falei-lhes sobre os meus heróis, que têm a particularidade de ser reais (sem querer diminuir a importância dos heróis fictícios, também tenho uns quantos desses). Depois li a história do Ary, sempre atendendo às curiosidades e perguntas dos lobitos, de modo a tornar a leitura o mais dinâmica e interessante possível. Foi, até agora, a sessão mais animada de todas, e na qual assisti fortemente (talvez porque a idade dos lobitos variava entre os 6 e os 10 anos), às possibilidades de caminhos por onde a história podia ter envergado, a partir da imaginação do grupo, à medida que a história ia avançando.


No final da leitura, passámos para a parte lúdica (e, para as crianças, mais divertida) da sessão. Distribuí por todos uma folha com o modelo que utilizo para criar os heróis do projeto, tal como fiz na Praceta (lembram-se?), e dei a instrução de que cada um tinha que pensar num herói que fizesse parte da sua vida e que, como eu criei o Ary, criassem o seu herói. O que saiu do workshop foi muito interessante: muitas mães, pais, melhores amigos e amigas e até a elementos da Chefia do grupo de escoteiros estiveram presentes nos desenhos. Mas o que eu achei mais interessante, já quando cada um estava a apresentar o seu herói e a explicar porque o tinham escolhido, foi que praticamente todos justificaram a sua escolha com o facto que de recebiam ajuda por parte dos seus heróis. Achei realmente bonito ver o quanto as crianças valorizam a ajuda que lhes é dada no dia-a-dia, não só por parte dos adultos, como também por parte uns dos outros.


Para terminar a sessão, jogámos a um jogo, que já nada tinha a ver com o Ary, mas que foi igualmente divertido (e, devo confessar, um pouco confuso), com os nossos sapatos. A partir do ritmo de uma música, e de acordo com o que estava a ser cantado, tínhamos que passar o sapato de um lado para o outro, para cima e para baixo, ou não lhe tocar de todo. Não me lembro do nome, mas sei que precisei de algumas tentativas até conseguir entrar no ritmo. Depois o grupo foi lanchar e, após tirarmos uma fotografia todos juntos (que, por razões de segurança, não posso colocar aqui - apesar de que vos deixo uma carrada delas), despedi-me e vim-me embora. E foi assim.

Tenho que dar um agradecimento extremamente especial à Carlota, a Chefe da Alcateia, por ser maravilhosa, por me ter proporcionado esta oportunidade e por ser a animação em pessoa. À Inês e à Joana, claro, também agradeço, pelas fotografias e vídeos e por terem acompanhado toda a sessão, com entusiasmo. À Mariana, a minha assistente do dia, dou crédito pela maior parte das fotografias que vos deixo com este post e agradeço pela companhia. E, finalmente, um obrigada enorme aos lobitos, por me terem recebido com tanta alegria e terem estado tão ativos e interessados durante toda a sessão. Foi uma sessão de sucesso.


E assim me despeço, por hoje, com um sorriso de orelha a orelha! Amanhã continuo com as apresentações, desta vez no Jardim de Infância Nossa Senhora de Fátima, em Viseu.


Obrigada pela atenção! Falamos em breve.


Até já, heróis!





_EN

Hi, heroes!


Today I bring you the report of one of the most fun afternoons I’ve ever spent with Ary. Last Saturday, February 2nd, I had the immense pleasure to take my hero to meet the Wolf Pack (that’s the name of the group that had the youngest scouts) of de Second Group Portugal’s Scouts. It was a super-session (no pun intended), that lasted the whole afternoon.


First, I watched a series of cerimonies that the group had prepared for that day, to celebrate reaching certain stages and to solidify the commitment of some scouts’ posts. Then, the Wolf Pack’s chief gathered all the wolves and presented me to the group. Then and there, and as you can see in the photographs above, I handed them an illustration I made as a thank you for the opportunity of letting me get my message through to the group. In that illustration, all the elements of the Wolf Pack are represented, as every member has to choose an animal to be called by throughout their journey as a young scout.


Secondly, inside their headquarters, we got to the part where I started a conversation about heroes, in order to get the session started. I began by asking who were the group’s favourite heroes and, after receiving an answer 100% filled with fictional characters, I talked to them about my heroes, who have on particularity - they’re real (without wanting to diminish the importance of fictional heroes, I’ve also got a couple of those). Then, I read Ary’s story, always taking my time with the group’s curiosities, remarks and questions. Because of that, I was able to create a more both dynamic and interesting reading. It was, up until now, the most lively session. I could also very strongly witness (may because the age of the kids varied between 6 an 10 years old) how their minds created possible paths for the story to follow, as it unraveled.


After the reading, we went on to the more playful (and to the children, more fun) part of the session. I gave all of them a piece of paper that had in it the template I use when drawing all of this project’s heroes, just as I did when I went to A Praceta (remember?), and I instructed them that each should think of someone in their lives who they considered a hero and, just like I did when creating Ary, they were to create their own heroes. What came out of the workshop was very interesting: a lot o mothers, fathers, best friends and even elements of the group’s leadership were present in the final drawings. But what I found to be the most interesting out of everything, when they were presenting to the rest of the group (each their own hero), was that most of them justified their choice with the fact that their heroes helped them, daily. I thought it was so beautiful that the kids appreciated the help that is given to them on a daily basis. Not only by adults, but also by each other.


To close the session, we played a game, that nothing had to do with Ary, but that was equally fin (and, I must confess, a bit confusing), with our shoes. Based on a song’s rhythm and words, we had to pass our shoe from on side to the other, up and down, or not touch it at all. I can’t remember what the game’s name was, but I know I needed a couple tries until being able to follow through. After the game, the group went to have a snack, and after that we took a group photo (that, for security reasons, I can’t post here - although I provide you a whole bunch), I said my goodbyes and left. And that was it.

I must give an extremely special thank you to Carlota, the Wolf Pack’s Chief, for being wonderful, for having given me this opportunity and for being the embodiment of cheer (in life and throughout the whole afternoon). To Inês and Joana, of course, I also express my appreciation, for the photographs and videos, and for having been there with enthusiasm during the whole session. I also thank Mariana, my assistant of the day for the company. I must also credit her for most of the photographs I left you above. finally, I’d like to leave her a huge thank you to the wolves, for being such good sports and having kept the levels of joy sky high throughout the entire afternoon. It was a successful session.


And with a smile on my face, I leave you (for now)! Tomorrow there’ll be held another session. It’ll be in the Nossa Senhora de Fátima’s Kindergarten, in Viseu.


Thank you so much for your attention.


I’ll see you soon, heroes!

62 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Copyright Heróis sem capa © 2021   |   Política de Privacidade & Termos e Condições

Todos os direitos reservados. All rights reserved.

  • Preto Ícone Instagram
  • Preto Ícone Facebook