Ary & A Praceta

Atualizado: 31 de Jan de 2019

Olá, heróis!


Hoje venho, finalmente, contar-vos como foi o começo das apresentações do Ary aos mais pequenos! Antes de começar, queria só deixar um aviso: este post contém fotografias pelo que, por motivos de segurança, os rostos das crianças estão desfocados. É da minha responsabilidade certificar-me que o conteúdo neste blog é seguro e isso inclui proteger a identidade de menores. Posto isto... Aqui vai:


Nos passados dias 21 e 22 (de novembro), tive a honra de apresentar a história do Ary às crianças que frequentam o infantário "A Praceta", em Oeiras. Foi a primeira vez que contei a história diretamente ao público ao qual o livro se dirige e, permitam-me que vos diga, foi extremamente divertido! Para além da leitura da história na sua totalidade (e de uma sessão de perguntas e respostas sobre a mesma), fiz com eles um workshop onde cada um deles, inspirado/a num herói que conhecem, real ou fictício, criou o seu próprio Herói sem Capa! No final, formámos todos uma roda e, tal como eu contei a história do Ary, cada um deles me contou a mim, aos colegas, às educadoras presentes e ao Tiago (o meu querido ajudante) a história do herói que tinham criado.


Tenho que dizer que estou muito contente com o feedback da sessão. As crianças gostaram muito da história (disseram-me que sim, portanto eu não posso fazer menos que acreditar) e quiseram saber mais sobre quem é o Ary, o que, na verdade, é o mais importante. E em relação ao workshop, fiquei muito surpreendida, pela positiva, pela energia de todos ao pintar e explicar porque é que cada herói era como era. É incrível testemunhar o maravilhoso poder da imaginação das crianças. Um deles inclusivamente explicou que o herói que desenhou se inspirava no próprio pai o que, admito, me derreteu um bocadinho o coração.


Agora deixo-vos aqui uma série de fotografias que ilustram perfeitamente aquilo que foi a leitura da história e o workshop com a sala dos mais velhos (isto porque fiz dois workshops, um dia 21 e outro dia 22, mas no segundo dia infelizmente não tirámos fotografias).






Para terminar, quero deixar umas palavrinhas de agradecimento e fazer uma publicidadezinha a um evento organizado pela Praceta (mas primerio deixem-me agradecer.) Um enormíssimo obrigada à Sofia, pelo convite, pelo apoio e a ajuda, pela simpatia e por ter proporcionado uma primeira apresentação do Ary que ultrapassou qualquer expectativa da minha parte; à Xana, pelas fotografias, pela ajuda e pela energia positiva; à Inácia, pela ajuda e pela alegria, e ao Tiago, por me ter apresentado à Maria e, consequentemente, à Sofia e, claro, por estar a acompanhar-me em todas as fases deste projeto.


Em relação ao evento, não tenho a certeza de como se chama MAS sei que é uma feira de Natal na qual, devido à enorme gentileza da Sofia, eu vou estar a vender livros, crachás, réguas e mais coisas do Ary! É dia 15 de dezembro, no Centro da Juventude em Oeiras. Quando tiver mais detalhes sobre o evento partilho convosco mas assim fica, desde já, aqui para o caso de quererem aparecer!


E assim me despeço, heróis. Espero que tenham gostado deste post.


Até já!



Podem encontrar A Praceta no Facebook: https://www.facebook.com/apracetacooperativa.alameda

190 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo