Lily & Gaby

Olá, olá, meus queridos heróis!


Cá estou eu de novo, prontinha para vos apresentar mais um herói do mês! Bom, na verdade, este julho trago-vos uma dupla de heróis - não fazia sentido trazer-vos apenas um deles, e já verão porquê.


Vocês sabem como sou... Sabem o quanto gosto de abrir conversas novas com cada herói que vos trago. Seja sobre doenças raras, sobre a adoção em Portugal ou sobre a importância de ser doador de sangue, gosto que este projeto seja um espaço onde se ouçam vozes que muitas vezes ou são silenciadas ou simplesmente ignoradas. Nesse sentido, e para não quebrarmos essa tradição maravilhosa, o tema que vos trago este mês, apesar de ser mais falado e consciencializado a cada dia que passa, mas não deixa de ser algo que merece atenção. Vamos falar de infertilidade?


Antes de mais, e para que tenham algum contexto e não pensem que estou só a debitar palavras compridas que não são utilizadas no nosso dia-a-dia, permitam-me que vos apresente os heróis do mês de julho, que são a razão pela qual abri inúmeros separadores no Chrome para conhecer melhor o mundo da infertilidade. Apresento-vos a Lily e o Gaby. Mãe e filho, dupla inseparável e heróis da vida real. Espero que estejam preparados para uma história como nenhuma outra!


Os heróis reais que me inspiraram a criar estas duas personagens chamam-se Liliana Brito e Gabriel. A Liliana, a mãe, é uma mulher de Direito e escritora (sendo a última a sua derradeira paixão). O Gabriel, o filho, é um bebé que nasceu duas vezes - sendo que uma delas tinha sido dada como impossível.


Com os meus 25 anos, ser mãe é, ainda, uma realidade que prevejo longínqua. No entanto, não é por isso que deixo de me sentir aterrorizada, tendo em conta que um dos meus grandes sonhos é, um dia, ser mãe, ver chegar a hora em que me dizem que tal, biologicamente falando, não poderá nunca acontecer. São estes cenários hipotéticos que crio na minha cabeça (todos eles para me fazer sofrer antecipadamente e sem razão) e as várias horas que já dediquei, no YouTube, a acompanhar as viagens de algumas influencers pelo mundo da (in)fertilidade, que me disseram, quando conheci a Liliana, que tinha que contar a sua história.


Ora, tudo começa no ano de 2019, quando a Liliana decidiu estar preparada para ser mãe. Sendo que sempre sentiu que, como ela própria diz, a sua "missão na Terra" era ser mãe, conseguem imaginar o seu entusiasmo em entrar nesta nova fase da sua vida. As coisas, no entanto, não aconteceram como ela tanto desejava. Em fevereiro, numa consulta de ginecologia, foram-lhe diagnosticados múltiplos quistos nos ovários. Quistos estes que estavam a funcionar como uma espécie de barreira e que estavam a impedir que se desse qualquer fertilização. Era "praticamente" impossível engravidar naturalmente.


Foram-lhe apresentados tratamentos de fertilização, ainda que os resultados não fossem garantidos. O grande problema com estes tratamentos nem era a taxa de sucesso - que depende de caso para caso... Era o preço. Cada ronda de tratamento custa à volta de 10.000€. Leram bem: dez mil euros. Uma quantia que não se arranja, de todo, com facilidade. É muito, muito, muito dinheiro. A Liliana decidiu esperar e tentar juntar o dinheiro que precisava para poder tentar pelo menos uma vez. Foi uma altura triste e solitária, como não podia deixar de ser, com pouca esperança à mistura. O grande sonho da Liliana era passar pela experiência, ficar grávida; ver o seu corpo transformar-se e criar o verdadeiro milagre científico que é um bebé.

O tempo passou e, em abril, apareceu uma oportunidade para a Liliana escrever um livro, coisa que fez. Escreveu um conto chamado "Gabriel 120419", que conta a história de uma mulher judia, presa no campo de Auschwitz, que dá à luz a um bebé, o Gabriel, e se despede dele no mesmo dia, sabendo que se assim não fosse, nenhum deles sobreviveria ao campo de concentração. Deu o Gabriel para adoção para o salvar. Este livro serviu, para a Liliana, como uma verdadeira terapia. Estava a despedir-se das suas esperanças de algum dia vir a ser mãe. E como Gabriel era o nome que queria dar ao seu filho, estava, de certa forma, a despedir-se dele também.


Publicou o livro em setembro, quando descobriu que, apesar de tudo, as probabilidades, por vezes, funcionam de uma forma maravilhosa. Contra tudo e contra todos; contra todos os prognósticos e diagnósticos, a Liliana acabou por conseguir engravidar. E estava já a terminar o primeiro trimestre! Como os seus ciclos nunca foram constantes - em parte devido aos quistos, não tinha feito caso ao facto de não se lembrar bem da última vez que tinha tido a menstruação... Mas o que é facto é que sem tratamentos, sem despesas extra e sem qualquer réstia de esperança, um pequeno ser humano se estava a formar dentro dela. Se faz sentido? De acordo com o médico, não. Se isso importa? Definitivamente não. Um ano depois de nascer o "Gabriel 120419", nasceu o bebé Gabriel, o nosso Gaby. Poético, não acham?


Agora, eu tenho noção que como a Liliana existem muitas mulheres que lutam contra a infertilidade, e que uma boa parte delas não tem um final como este (nem minimamente parecido). Cada luta é uma luta, e nenhuma mulher é mais ou menos heroína por passar por um tratamento de fertilidade e funcionar, por passar por três e nenhum funcionar, por não conseguir sequer passar por nenhum ou, por mero acaso, contra todas as expectativas, engravidar naturalmente. Existem histórias à fartazana neste mundo da (in)fertilidade, a da Lily e do Gaby é apenas uma delas. Uma das felizes, que servem também para trazer à baila tudo o que não se vê na luta pelos nossos sonhos - o insucesso, a dor e o desespero.


Espero que tenham gostado de conhecer a história da Liliana e do Gabriel. Uma história feliz para estes tempos tão esquisitos e stressantes. Espero, também, que estejam bem, e que cuidem de todas as partes de vocês! Deixo em baixo, para quem quiser, alguns links para conhecerem melhor os heróis do mês (e o livro "Gabriel 120419", que eu já li mas não sou pessoa de spoilers pelo que não digo absolutamente nada sobre o assunto, eheh).


Até breve, heróis! :)





Links úteis:

— Liliana (Instagram): https://www.instagram.com/lilianarbrito_escritora/ My Warmn Nook (Instagram de leitura da Liliana): https://www.instagram.com/mywarmnook/

— "Gabriel 120419": https://www.chiadobooks.com/livraria/gabriel-120419




65 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Monty

Miky

Sebby